Arquivo

Archive for the ‘Artigos’ Category

Blogueiros sentem impacto na carreira e já ganham dinheiro com a atividade

3 de novembro de 2009 Deixe um comentário

por InfoMoney

SÃO PAULO – O uso cada vez maior da internet tem permitido que as pessoas obtenham informações, se comuniquem e troquem opiniões de forma cada vez mais rápida. Muitas, inclusive, optaram por usar o blog para divulgar textos, e já começam a sentir impactos positivos dessa atividade.

Segundo uma pesquisa da Technorati, feita com 2,9 mil blogueiros, essas pessoas sentem que a atividade está ajudando na carreira, além de aumentar a renda.

Impactos profissionais
Entre os entrevistados, 58% afirmaram que estão mais conhecidos nas suas respectivas áreas de atuação por causa do blog, e outros 15% disseram que possuem mais visibilidade na empresa em que atuam, devido a essa atividade. Já 9% deles afirmaram ter conseguido uma promoção no trabalho, e outros 25% que usam a ferramenta como um currículo, direcionando potenciais empregadores para a página da web.

Há também os profissionais que receberam uma solicitação para falar em uma conferência (36%), e os empresários que verificaram que o site atraiu mais clientes (63%), além de também ficarem com mais visibilidade no setor em que atuam (71%).

Por outro lado, publicar textos e opiniões em um blog exige cautela. Isso porque alguns blogueiros, embora poucos, dentro da amostra, foram prejudicados com a atividade: 1% recebeu um alerta ou foram demitidos por algo que divulgaram no site.

Aumentando a renda
A pesquisa também indicou que cada vez mais os blogueiros conseguem aumentar seus rendimentos com a atividade, porém, essas pessoas ainda não representam a maioria. No total, 72% não conseguem obter dinheiro com o blog, mas entre os que conseguem, 17% têm o site como a principal fonte de renda.

Além disso, 4% bloguam grande parte do tempo, como parte do trabalho que realizam para uma empresa ou organização, enquanto 9% fazem isso para o próprio negócio. Já outros 15% usam o site como uma forma de complementar os ganhos.

A grande maioria desses blogueiros consegue obter dinheiro com a publicação de anúncios ou links de marketing, mas também há 24% que aumentaram a renda devido a convites para realizar palestras sobre o assunto que tratam nos sites.

Extraído de: http://www.empreendedor.com.br/?secao=Noticias&categoria=167&codigo=14878

Anúncios

O que são clubes de investimento – Como investir em Ações!

2 de novembro de 2009 Deixe um comentário

Os clubes de investimento estão entre as principais maneiras de o iniciante entrar na bolsa de valores, pois permitem um início com valores menores – sob certo ponto de vista, são uma espécie de “vaquinha” – e permite a divisão de responsabilidades da aplicação e a diversificação das aplicações.

Grosso modo, eles são nada mais que um grupo de pessoas com o mesmo interesse: investir na bolsa.

Cotas

Quando você se torna membro de um clube de investimento, passa a deter certo número de cotas. A soma dessas cotas é o patrimônio desse clube de investimento. As cotas são mantidas em depositos nominais a cada cotista.

Para formar um, é necessário um mínimo de três e um máximo de 150 participantes. No caso de empresas e associações esse número pode ser maior.

Você pode adquirir mais cotas durante a existência do clube.

Administradora

Depois da decisão de formar um clube de investimento, deve ser escolhida a instituição que vai administrá-lo: uma corretora, um banco de investimento ou ainda uma distribuidora.

O leitor Alex Benfica perguntou-me se existe a possibilidade de algum tipo de fraude que prejudique os demais membros de um clube.

Observe que cabe à instituição escolhida zelar pelo bom funcionamento do clube. É do interesse dela que isso aconteça.

Ela vai cuidar da documentação, a posição de cada um dos integrantes, as aplicações e os resgates de cotas e vai controlar os títulos – ações e outros – que compõem a carteira.

Estatuto social

Tudo isso é regido pelo estatuto social, que é o documento mais importante do clube de investimento e representa a vontade da maioria dos membros.

É no estatuto social que estará a definição da carteira do clube. A carteira é a são os títulos – ou ações – adquiridas pela instituição administradora – seja banco ou corretora -, de acordo com a política de investimentos.

Inclusive, um dos principais itens do estatuto social é a definição da composição da carteira do clube de investimento, que deve ser formado por no mínimo 51% de ações e, o restante, pode ser renda fixa, por exemplo.

O estatuto também traz os custos de administração do clube e com que porcentagem cada cotista deverá contribuir.

Gestor

Os títulos serão adquiridos por um gestor, que é uma outra figura importante do clube de investimento. Ele pode ser tanto a própria administradora – é o mais comum -, uma pessoa física contratada, uma pessoa jurídica contratada, um representante do clube ou um membro do conselho de representantes do clube.

Para as tomadas de decisão importantes existe a assembléia geral, que pode ser convocada de acordo com o estatuto do clube para decidir acerca de todos os negócios a ele relativos. A assembléia também serve para apresentar resultados e para mudanças no estatuto.